Você sabe o que é sistema ERP? Vamos conhecer juntos!

Com a transformação digital trazendo cada vez mais oportunidades tecnológicas para as empresas, um sistema ERP deixou de ser exclusividade de grandes empresas para fazer parte do cotidiano de empreendimentos dos mais variados portes, inclusive Startups.

O que antes demandava complexos estudos de integração de sistemas e um investimento bastante elevado, hoje pode ser proporcionado por empresas SaaS (que fornecem softwares como serviços pagos por assinatura).

Neste post, você vai entender o que é sistema ERP, também chamado de sistema integrado de gestão, e a forma como essas ferramentas de produtividade estão auxiliando diversas empresas a se tornarem cada vez mais integradas e automatizadas.

O que é sistema ERP: Sistema Integrado de Gestão

Normalmente se define o que é sistema ERP como um sistema integrado de gestão.

Mas você sabe o significado de ERP? Você não vai poder dizer que sabe tudo sobre ERP se não souber o que essa sigla significa, concorda?

ERP significa, em inglês, Enterprise Resources Planning.

É, na verdade não revela muito do que o sistema ERP é capaz. Poderia ser traduzido, em português, por algo como Planejamento dos Recursos da Empresa.

Isso não deixa de ser verdade, mas para entender o verdadeiro significado de ERP, tenha em mente a seguinte definição:

ERP é um sistema de gestão empresarial, normalmente dividido em módulos de áreas, como Recursos Humanos, Financeiro, Estoques, Produção etc., em que cada uma dessas áreas dá entradas com seus dados no sistema integrado de gestão de forma que todas as informações são compartilhadas com todas as demais áreas.

Em outras palavras, se o departamento financeiro precisa dos dados das vendas mensais para fazer um relatório, terá acesso a esses dados sem ter que se preocupar em procurar uma fonte na área de vendas, pedir esses dados e digitalizá-los. Tudo está integrado!

Isso é o que se chama de “única fonte da verdade”. Sem duplicidade de informações e com muito mais transparência e agilidade na gestão.

Procurando um programa de administração para empresa? Mas qual deles?

Por que um sistema ERP é dividido em módulos?

Os sistemas ERP para corporações de grande porte, como o SAP e o Oracle, são bem mais complexos que as versões SaaS para pequenas e médias empresas.

Além disso, continuam necessitando de estudos, planejamento demorado e um alto investimento.

Por isso, quando uma empresa migra para um desses sistemas, costuma fazer isso em partes.

Primeiro o RH, por exemplo, depois Compras, a seguir Financeiro, e assim por diante, até que todas as áreas da empresa estejam integradas ao sistema ERP.

Dessa forma, além de mais seguro, o investimento se dilui com o tempo.

Confira este infográfico que mostra um sistema de gestão integrado, o famoso ERP:


Alguns bons sistemas ERP SaaS

Se você está interessado em saber tudo sobre ERP, precisa conhecer alguns desses sistemas que são oferecidos por meio da assinatura de um software.

Eles são fáceis e rápidos de implantar, mais baratos e você pode escolher planos, conforme suas necessidades, incluindo do mais ou menos funcionalidades ou a quantidade adequada de usuários.

E caso sua empresa cresça, é só adicionar mais acessos ao sistema.

Ou ainda, se você diminuir sua equipe, não ficará com caríssimas licenças de um software ERP sem uso. Basta migrar para outro plano que se encaixe em suas necessidades.

Além disso, sistemas SaaS estão em constante evolução e não se cobra nada a mais para você usufruir dessas novas versões. Sua assinatura mensal já inclui a atualização automática do sistema, que é feita online.

Como integrar ainda mais seu sistema ERP?

Se você optou por um sistema ERP SaaS, poderá integrá-lo facilmente com outras ferramentas que já usa em seu dia a dia, como Automação de Marketing, seu e-commerce, CRM e até planilhas do Google, Formulários e muito mais.

Para isso, basta utilizar a integrações que a Sage já criou para você usar em sua empresa.

Assim, toda vez que você fechar uma venda em seu CRM, por exemplo, uma “conta a receber” é gerado eu seu ERP. Ou se seu meio de pagamento aprovar uma compra por um cliente, a mesma coisa: uma “conta a receber” é criada.

E essas são apenas algumas das dezenas de integrações com ERPs prontas para usar da Sage.

 

Deixe um comentário